Lana del rey e a música

Eu nunca pensei em escrever sobre música, o que é estranho, já que faz parte do cotidiano de milhões de pessoas, e obviamente do meu também. Não importa o estilo de música que você ouça, se o compositor vai te passar alguma mensagem útil ou não, se possui um contexto relevante para sociedade ou não. De alguma forma, ela vai fazer parte do cotidiano de alguém.

Continuar lendo “Lana del rey e a música”

Sua visão da minha nacionalidade não me define

Aos 18 anos eu fui desrespeitada por ser quem eu sou, pela minha cultura, pelo meu país de origem e também por ser mulher, que contribuiu mais ainda. Quando fiz minha primeira viagem ao exterior para estudar inglês, ao me apresentar em determinados grupos como brasileira, as reações eram de surpresas e depois se tornavam um pouco assanhadas. No começo eu achava engraçado, mas depois fui percebendo que eu era vista com outros olhos a partir do momento que eu dizia a minha nacionalidade.

Continuar lendo “Sua visão da minha nacionalidade não me define”

Hoje eu quero viajar sozinha

Desde que eu era criança eu sempre tive esse desejo de viajar o mundo e enquanto adulta eu continuei com esse desejo, mas a diferença é que eu estou irritada com ele. Quando eu era mais nova, eu assistia filmes que contavam histórias de personagens – maioria masculina – que largavam tudo e botavam o pé na estrada. Eu sempre me imaginava fazendo a mesma coisa, pelo menos era o que eu queria fazer.

Continuar lendo “Hoje eu quero viajar sozinha”

Quando eu mesma parti meu coração

Eu tinha 19 anos quando parti meu coração. Eu fui demitida de um emprego que eu gostava muito e o motivo era, insegurança. Segundo eles, eu era muito insegura. Quando me disseram isso eu sabia que não era verdade. A verdade é que é mais barato demitir uma pessoa mais jovem do que uma pessoa mais velha, mas eu não sabia disso naquela hora. De qualquer forma, eu comecei a chorar e perguntar o que eu tinha feito de errado e se eu poderia concertar, porque essa sou eu, eu não desisto, eu tento de novo.

Continuar lendo “Quando eu mesma parti meu coração”