Vamos ter uma aula de história, disse Salvador

Meus pais decidiram fazer uma viagem para comemorar os 25 anos de casamento. Inicialmente, o plano era fazer uma festa, mas acabaram usando o dinheiro para pagar um cruzeiro e levaram as crias deles junto.

O cruzeiro tinha duração de sete dias e iríamos atracar em quatro cidades: Rio de Janeiro, Salvador, Ilhéus e Búzios. Eu me apaixonei a primeira vista pelo Rio de Janeiro, e entendo agora, porque escrevem músicas e poesias sobre esse lugar, mas tem uma cidade que me cativou culturalmente, que me pegou pela mão e disse, “vem comigo, vamos ter uma aula de história”, a primeira capital do Brasil, a terra de Gilberto Gil e da Ivete Sangalo, a querida Salvador. Como eu não sabia a importância dessa cidade antes, eu não sei! Mas fico feliz em saber agora e ter tido o privilégio de colocar os pés nessa terra.

dsc09932

DSC09981.JPG

Igual ao Rio de Janeiro, Salvador é uma cidade litorânea, mas a diferença é que o ar é mais úmido e eu suava praticamente o tempo todo, sem mesmo fazer qualquer movimento. Salvador foi também umas das cidades em que mais me aventurei, eu amei ficar andando de um lado para o outro e observando a cidade, a cultura e sentindo o seu calor.

DSC09933.JPG

Salvador é divida em duas partes, a parte baixa e a parte alta (Segundo o guia turístico). A parte baixa é a parte mais pobre da cidade, onde fica localizado o Farol da Barra, Igreja do Bonfim e o Mercado Modelo. A parte alta é a parte mais rica e o onde fica localizado o Centro Histórico, o Pelourinho, Elevador Lacerda e o apartamento da Ivete Sangalo, rs.

DSC09877.JPG

Também foi uma das cidades em que me senti burra, o guia turístico citava conflitos e guerras que ocorreram e eu não sabia de nenhuma delas. Eu realmente só tive um bom  professor de história na faculdade e achava que sabia tudo, quão errada eu estava… Sendo essa uma das razões a qual eu recomendo viajar, faz bem a alma como também para o intelecto.

Para quem gosta de história, a Bahia em si é cheia delas, muitas delas triste, e que fazem a cidade o que ela é hoje, mas mesmo assim consegue te acolher e fazer você se sentir confortável (mesmo sob um sol de 35 graus). Espero voltar e ficar no mínimo uma semana para absorver ainda mais a cultura e a história da cidade.

Assinatura

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s