O relacionamento sério com o meu cabelo

Como eu vou cortar meu cabelo essa semana, decidi escrever um post sobre a importância que o meu cabelo tinha e ainda tem para mim. Por muito tempo eu acha que era a única coisa que se destacava em mim, o meu único acessório e o que me fazia ser interessante.

A minha relação com o meu cabelo começou em 2008, quando eu criei uma conta no Myspace. Eu curtia um determinado tipo de música e as pessoas compartilhavam esse mesmo gosto musical tinham diferentes tipos de cabelo, a maioria era preto ou loiro platinado e possuíam mechas coloridas por todo o cabelo.

Alguém lembra da fase Scene Kids ou Scene Queens?

Então comecei a pintar algumas partes do meu cabelo de rosa, azul e roxo e me senti a pessoa mais estilosa da escola. Porém, a relação ficou mais séria quando eu criei uma conta no Tumblr e tinha essa menina que compartilhava sobre a sua vida online. Ela tinha um cabelo bem loiro e morava em Londres. A partir daquele momento, eu decidi que iria ser loira e moraria em Londres também.

tumblr_l5xriz1oap1qav4ms

Então, aos 16 anos fui à loja de cosméticos, comprei tudo o que era necessário e descolori meu cabelo. Deu certo de primeira, eu estava loira e me sentindo incrível. A recepção na escola era a melhor,  eu estava no segundo ano do ensino médio e era a única com cabelo loiro platinado. Eu chamava a atenção quando passava, alguns riam e diziam que não combinava com a minha cor de pele, mas eu não me importava, eles estavam errados, eu estava incrível.

Mas o meu cabelo platinado não durou muito tempo, eu não hidratava direito, então ele começou a cair, por causa do corte químico e eu entrei em desespero. Decidi escurecer, mas não queria me tornar morena novamente, decidi ser ruiva.

A minha tentativa de me tornar ruiva de primeira não deu certo, meu cabelo estava muito claro e quando joguei a tinta ruiva, meu cabelo ficou ROSA e caiu ainda mais que eu tive que cortar o meu cabelo bem curto e a insegurança apareceu. Eu achava que ninguém iria gostar de mim, porque a minha personalidade estava no meu cabelo, o que eu não tinha mais.

Lembro que naquele ano decidi me reinventar e procurar inspirações nos anos 60 para me sentir segura, me sentir bonita e parar de chorar. O tumblr me ajudou muito, algumas pessoas me mandavam mensagem dizendo que o meu cabelo era lindo, compartilhavam minhas fotos e aos poucos fui recuperando minha confiança e a me sentir confortável para olhar meu cabelo no espelho de novo.

tumblr_lka9dqrxpu1qable7o1_500tumblr_lj011362da1qable7o1_500

Depois de meses de insegurança e lágrimas, o meu cabelo aos poucos foi se recuperando. No final de 2011, meu cabelo estava em um comprimento em que eu consegui fazer um corte legal e deixar ele crescer uniforme.

tumblr_lu5rvqtjet1qable7o1_500

Depois de me formar no ensino médio, eu acabei me mudando para a Inglaterra, não necessariamente para Londres e nem estava loira, e sim ruiva. Parei de alisar meu cabelo e deixei meus cachos ressurgirem. Porém, eu continuei com o mesmo pensamento de que o meu cabelo era única coisa que me fazia diferente do resto das pessoas, que me deixava bonita e interessante.

008

E isso foi apenas o começo dos meus problemas.

To be continued…

Assinatura

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s